Núcleo de Educação de Jovens e Adultos (Fae-UFMG)

 

 

http://www.fae.ufmg.br/neja/

 

Breve Histórico do Núcleo

A temática da EJA foi incorporada ao Programa de Pós-graduação da FaE, a partir do final dos anos 70 e início dos 80, reunindo diferentes estudos que versam sobre a “educação nas classes trabalhadoras”.

Motivado a criar um espaço para a pesquisa e intercâmbio entre professores de diferentes áreas, porém voltado para a EJA, surge em agosto de 1995 o Grupo de Estudos em Educação de Jovens e Adultos - GEJA.

Esse grupo interdisciplinar reúne professores de diversos departamentos da FaE e de outras unidades da UFMG que desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão voltados para a área da EJA, seja como coordenadores de áreas nos projetos de extensão da UFMG, seja como professores na licenciatura, ou na habilitação em Educação de Adultos do curso de Pedagogia ou no Programa de Pós-graduação.

Após quatro anos de existência, em 1999 o , transformou-se em Núcleo de Educação de Jovens e Adultos: pesquisa e formação - NEJA - cujos objetivos giram em torno da articulação das diversas iniciativas de formação de educadores de jovens e adultos na UFMG e do incentivo ao desenvolvimento de projetos de pesquisa em Educação de Jovens e Adultos (EJA).

(adaptado do texto da Profa. Maria Amélia G. C. Giovanetti)

 

Objetivos do NEJA

Articular as diversas iniciativas de formação de educadores de Jovens e Adultos na UFMG; 
Incentivar o desenvolvimento de projetos de Pesquisa em Educação de Jovens e Adultos. 
Entre as metas alcançadas pelo NEJA, merecem destaque a organização de um acervo de publicações a organização de um acervo de publicações referentes a essa área de estudos, que reúne documentos, material didático, livros e periódicos e contacta instituições nacionais e estrangeiras que tenham produções relacionadas com a área, bem como a promoção de eventos que proporcionam intercâmbio de experiências pedagógicas e socialização de pesquisas, buscando interlocução com outros centros de pesquisa na área.

O NEJA vem procurando manter vínculo com outros espaços de discussão sobre a EJA, como se vê nas seguintes ações: participação na organização do Fórum Mineiro de EJA; participação no conselho de RAAAB (Rede de Apoio à Ação Alfabetizadora do Brasil) e coordenação de dois Grupos de Trabalho da Anped (GT Educação de Pessoas Jovens e Adultas – 1999-2001 e GT Movimentos Sociais e Educação – 1998-2000); intercâmbio com outros núcleos de pesquisa existentes em diferentes universidades, como UFES, UERJ,UFF, UFPB, UFRGS, UFPE, além de Ação Educativa, Instituto Paulo Freire e outros. O NEJA esteve presente também nos eventos que se realizaram antes e depois da V Conferência Internacional de Educação de Adultos organizada pela UNESCO (CONFINTEA) atuando em reuniões regionais, nacionais e latino-americanas, bem como participando da própria conferência, realizada em Hamburgo, Alemanha, em julho de 1997.

(adaptado do texto da Profa. Maria Amélia G. C. Giovanetti)

 

Disponível em:http://www.fae.ufmg.br/neja/